The Sundering

As Estátuas e as Mãos

ou "Quem rouba as mãos de uma estátua?"

O dia começa com monumentos vandalizados: uma estátua de Umbrelee (a deusa dos mares), uma dos Flaming Fist, uma do fundador da cidade, Balduran, uma conhecida como “Seis Mercânicos Sábios” e uma chamada “O Vendedor Fiel Encontra o Mercador Honesto”. Isso deixa a população mais rica abismada e a mais pobre, encantada pela “brincadeira”.
O problema se agrava quando, no dia seguinte, a estátua de um dos companheiros de Abdel, o ranger Minsc, também tem suas mãos roubadas. Isso deixa a cidade inteira em um clima de fúria, pois é a estátua favorita de todos.
Cada um dos empregadores pede que os culpados sejam descobertos, mas cada um pede que o problema seja resolvido de um jeito: Rilsa pede que os garotos sejam entregues a população para que a justiça seja feita pelo povo. Silvershield quer que os culpados, caso sejam da elite, sejam protegidos e o caso encoberto enquanto Ravengard quera prisão dos culpados e que um julgamento seja feito.
Os heróis acabam descobrindo que os culpados são garotos filhos de patriarcas, mas os entregam à Ravengard, para o descontento das famílias e de Silvershield.

Goldor passa a frequentar cada vez mais a fortaleza dos Flaming Fists e começa a treinar com Ravengard.

Comments

mpedroso mpedroso

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.